Comédia Romântica

Olá pessoal, eu já fui adolescente, já ouvi o tal do emocore, já fiquei bêbada em baladinhas só pra causar, já toquei na fanfarra da escola e fui apaixonada por alguém do futebol... Mas foi com 16 anos que conheci um amor adolescente mais mágico e fantasioso que Harry Potter, que depois de muito tempo, começa a se encaixar com o mundo adulto!


Era uma vez uma menina do HardCore, beirando o Emo core, no auge de seus 16 anos, que usava uma camiseta do bob esponja e se chamava Natália.

Natália gostava muito de seu primeiro namorado, mas este a traiu com a primeira vadia que encontrou na faculdade. Natalia ficou muito triste e revoltada e decidiu que iria se tornar a maior pegadora da cidade (Só de raiva!).
Depois de duas semanas na fossa, enxugou as lágrimas e começou a tecer seu plano de ataque, começando por um menino que usava tênis de skatista, ficava sentado embaixo da árvore no intervalo da escola, estava sempre ouvindo música ou dando risada, sempre com cara de sono, mas com um certo charme que Natália já havia notado no ano anterior, quando em meio a uma discussão com seu atual namorado, olhou para o lado e se deparou com uma coisinha muito diferente dos outros meninos, um tal de Thiago, conhecido como Baia.
Esse é o segundo personagem da estória.
Natália chega na sala e solta a frase mortífera:
" Hey Presunto! Arranja aquele seu amigo bombonzinho pra mim! Acima de 16 tô pegando curricullum e entrevistando!" (Que horror! Ela nunca tinha feito isso, assim tão diretamente ...)
A frase surtiu um efeito "tsunamesco". Logo apareceu uma negona chamada Sol e se propôs a ajudar, pois conhecia o tal do bombonzinho.
Natália tinha se arrependido da brincadeira sem noção, embora tivesse um fundo de verdade, mas aquela história de pegadora era só pra amenizar a dor, enfim ...
Um dia na escola veio o tal do neguinho conversar com ela. Natalia não queria mais, tinha colhido informações e descoberto que ele era 10 meses mais novo, filho caçula e nerd, além disso não andava mais de skate ! hahaha
Ele veio conhecer Natalia, que após menos de 5 minutos de conversa, sem pensar duas vezes, "tacou na lata": " Então, como você já sabe, eu tô afim de sair com você. Cê acha que a gente pode dar um rolê por aew?" Ela se surpreendia com tamanha ousadia!
O metidão porém desconversou, falando que estava com um relacionamento pendente, e quando resolvesse o caso, procuraria Natália.

O dia do Xaveco foi documentado pela fotografa oficial do Casal, Binha. Em março de 2005.

O tempo passou, ela já tinha esquecido dele. Até que se encontraram na rua e aconteceu o primeiro beijo, e a frase memorável :" Você sentiu meu piercing ?" (Thiago põe a mão em sua barriga) "Não idiota, na linguaaaa!" , "Hann?! Não senti o piercing, mas gostei do beijo!"
Depois disso muita coisa aconteceu.
Foram manhã de frio, abraçados no pátio da escola, conversando sobre as dores e alegrias do mundo e dividindo o lanche, que sempre era aquele enrolado de presunto e queijo frito, gorduroso, seguido de alguns beijos inocentes na escada e balas de iogurte antes das aulas.


Separações, reencontros.
Natalia foi pra faculdade, Thiago terminava o Ensino Médio... Garotos e garotas no meio de um relacionamento que não acabava por nada.

Após vários encontros casuais, sem a inocência da adolecência e os limites da escola, resolveram crescer!
Com uma motoca preta conquistam o mundo, conhecem lugares lindos e se divertem pra caramba!
Com pouco dinheiro, mas alguns goles da marvada pinga aprontam todas.
Já foram pra praia, já acamparam, passaram a noite em claro, foram observar o Rio Piracicaba de madrugada ...
Agora, começa a ser escrito o próximo capítulo dessa história.
Thiago vai estudar na mesma faculdade que Natália.
O que virá depois, como dizem meus avós, só DEUS sabe...
Mas com desejos, sonhos, metas, objetivos compartilhados, brigas silenciosas, desejo sexual, amor, mais amor, comida e lugar pra dormir, eles vão escrevendo a história de quem tem um romance que se por acaso, o ACASO não permitir que dure para sempre, será eterno apenas pelo fato de um dia ter acontecido!


Ainda somos tão jovens ... Te amo com a intensidade da minha juventude e a maturidade de uma quase mulher !

Você me completa Naturalmente !
Somos diferentes, isso faz nosso amor ser único!




 

4 comments so far.

  1. - mandy 28 de janeiro de 2009 22:05
    Ai...adorei esse post.
    Que história linda.!

    O blog está otimo, de verdade.
    bjinhus ;*
  2. thiag-san 28 de janeiro de 2009 22:51
    nem acredito que fui um dos protagonistas dessa estória!
    meu deus! auhauhuahahuhahaa
    mas fico feliz em saber ke através desse conto divertido, aos trancos e barrancos, no balança mai num cai, encontrei a mulher ke fez a diferença na minha vida e a cada dia que passa eu fico mais e mais apaixonado por essa menininha ke tinha bafinho de enrolado frito e ainda se parecia com um pirulito :D
    Mas, estamos ficando adultos e graças a Deus estamos juntos, que seja eterno e especial enquanto dure, e vai durar pois somos cabra macho!!! neh?!!!
    adorei o post, bom D+, você é demais!
    beijos
    te amo xuxuzinho :**
  3. Lana Ludmila 29 de janeiro de 2009 10:41
    Achei muito fofa a historinha de vcs... :)
    Vim aqui porque queria conhecer minha seguidora. kkkkkkkk...
    Espero poder ajudar nas dicas de surpresas para seu príncipe encantado!
    Um beijo grande.
  4. - mandy 29 de janeiro de 2009 16:47
    Te premiei.!
    bjinhus ;*

Something to say?